Passar para a navegação primária Passar para o conteúdo Passar para o rodapé

NÓS SOMOS ÉPICO!

a woman smiling next to a body of water

Cláudia

Gerada numa ilha vulcânica, a Cláudia herdou a genética dos vulcões, e por isso é difícil estar quieta. Começou a trabalhar como guia turística, antes de saber que o era, na queijaria artesanal dos pais, com nove anos. Aqui explicava como se fazia o queijo e promovia provas no final. 

Com 17 anos saíu da ilha rumo ao continente para estudar Turismo. Às vezes temos que sair da ilha para a ilha entrar em nós. Nos quatro anos em que viveu fora do Pico, a paixão pela ilha cresceu e a vontade de voltar e criar um projecto inovador ganhou força.

Depois de seis anos de trabalho na administração local, decidiu que era a hora de mudar de vida, arriscar e criar a sua empresa de raiz. Uma ideia principal conduziu a criação deste projecto: oferecer experiências a turistas sem que estes se sintam turistas, mas parte da ilha. A Cláudia apostou muito na sua formação especializada em diferentes áreas para que a experiência de quem escolhe os seus serviços seja o mais rica possível!

No entanto, o turismo nos Açores ainda tem alguma sazonalidade, o que deixa tempo livre para a Cláudia ajudar a família a tomar conta da quinta! Há sempre vacas para mudar de pastagem, porcos e galinhas para alimentar, fruta fresca para apanhar ou legumes para cultivar! Este lado de Terra que lhe corre nas veias trá-la de volta às origens. 

É neste balanço entre ser picarota, a inconstância da paz da ilha e do reboliço de receber visitantes de qualquer parte do mundo, que reside a sua genuinidade e a riqueza das experiências exclusivas que oferece a quem a escolhe para descobrir mais sobre o Pico!

Jenni

A Jennifer nasceu e cresceu na Alemanha. Depois de se formar na universidade com um diploma de engenharia, havia muitas possibilidades pela frente. Ainda à procura do seu futuro, foi trazida para os Açores para umas curtas férias, sem saber ainda que lá viveria ao máximo os próximos 11 anos.

Em 2011 começou a trabalhar como guia da Futurismo em São Miguel e desde então trabalha na área do turismo. Para além do seu trabalho na Futurismo como guia local, líder de grupo e coordenadora de operações na ilha do Pico (onde se instalou em 2015), passou algum tempo a trabalhar na Áustria em recepções de hotéis e escolas de esqui.

Ama a Montanha e o mar tanto quanto o estilo de vida “simples” dos Açores. Além de passar horas na Natureza, meu trabalho dá-lhe o privilégio de compartilhar essa paixão com outras pessoas. Nos últimos anos nos Açores aprendeu muito sobre a flora, a fauna, a geologia, a cultura local e a própria vida, tornando-se orgulhosa mãe de um menino meio açoriano de 4 anos e guia certificada do Parque Natural do Pico.

Jenni
a man smiling for the camera

Mónica Mota e Nuno Gonçalves

A Mónica e o Nuno  adoram caminhar, começando por percorrer diferentes trilhos pelo continente Português e Açores e decidindo, em 2012, ingressar numa aventura de dois anos de mochila às costas, “a caminhar por” todos os países da América do Sul…

Em 2014 regressam à Ilha do Pico para implementar o seu projeto vivencial e educacional “a caminhar na Permacultura”, procurando criar e viver num espaço ambientalmente sustentável, em harmonia com a Natureza. A par deste projeto desejam partilhar o seu gosto por caminhar e proporcionar a quem visita o Pico, uma experiencia diferente, um dia atíPICO.

Daniel Pena

O Daniel descobriu a sua paixão pelo pedestrianismo e as montanhas quando se mudou de Lisboa para os Açores em 2009, altura em que subiu a montanha do Pico pela primeira vez.

Em 2016 decidiu deixar os seus trabalhos como professor de música e programador para fazer voluntariado em comunidades e projectos sustentáveis na América do Sul durante mais de 2 anos. Voltou para a ilha do Pico em 2019 para começar um projecto sustentável e ecológico, decidindo voltar a dar aulas de música e tornar-se guia de montanha juntando-se à equipa atiPICO para proporcionar-lhe uma experiência atípica na subida ao ponto mais alto de Portugal.

a man standing in front of a mountain
Skip to toolbar